Dia mundial do hambúrguer: o passo a passo para preparar um em casa

Growler: motivos para adquirir um
18 de maio de 2018
De caseiro à profissional: cinco utensílios para incrementar o preparo de bolos
13 de junho de 2018

Suculento, delicioso e arrebatador de fomes. Ele vai bem com uma fatia – ou muitas – de queijo, uma porção de batatas fritas e um caneco trincando com chope gelado. Para muitos, é a primeira opção quando se pensa em comer fora de casa e, mesmo não sendo para outros, é praticamente impossível resistir a um.

Hoje é o dia mundial do hambúrguer e para comemorar a data dessa iguaria, nada melhor do que preparar um em casa, não é mesmo? Não fique com água na boca e vista seu avental! Nós temos o passo a passo para preparar um hambúrguer na cozinha de sua casa, confira:

1. Blend de qualidade. Quer deixar sua família de queixo caído? Então, comece pelo blend de carnes, isto é, pela mistura entre diferentes cortes do boi para acertar na textura e sabor do hambúrguer. Para isso, prefira açougues a supermercados. Isso porque, nas casas de carne você pode optar entre uma variedade de peças e cortes exclusivos do boi e, ainda, sair de lá com o hambúrguer já moído. 

Como montá-lo. Um blend ideal conta com 20% de gordura em sua composição, visto que, ela é responsável por dar a liga entre os diferentes tipos de carne e, ainda, mantê-las suculentas e macias. Para completar o restante da porcentagem, visualize mentalmente o boi divido em duas partes: a dianteira e a traseira.

Isso porque, a retaguarda do boi dispõe das carnes mais macias, específicas para churrascos. Já a dianteira, encontram-se as mais duras, e também as mais saborosas, que exigem um preparo maior e, por isso, são perfeitas para a mistura de seu hambúrguer – visto que ele é moído e o que interfere no resultado final é o sabor, e não a contextura.

Para um hambúrguer de personalidade, e não tão caro, escolha pelo acém, peito ou pescoço do boi. Para um blend mais gourmetizado opte pela fraldinha, patinho, coxão duro ou a alcatra. Quer inovar? Misture ambos, neste momento tudo é permitido! Para finalizar, peça para seu açougueiro limpar os nervos e moê-las duas vezes.

2. Mordida perfeita. Hambúrguer cru por dentro e queimado por fora? Estou fora! Pego minha balança digital e vou embora!

 Isso porque, a quantia de carne para cada hambúrguer interferirá diretamente na textura, suculência e aparência do lanche. Portanto, não confie em sua fome! Utilize-se do tamanho da bola de tênis como referência e pese a carne na balança digital. O ideal é preparar hambúrgueres entre 180 e 200 gramas, ou no caso dos mais finos, entre 100 e 120 gramas.

Uniformização. Para uniformizá-lo jogue de uma mão para outra, com certa força. Essa prática chama-se amassar ou bater o hambúrguer e é um passo fundamental antes de moldurá-lo. Isso porque, esse processo serve para retirar todo o excesso de ar entre as diferentes carnes e para aderir a gordura nelas.

Antes de grelhar seus hambúrgueres, moldure-os. Para isso, utilize-se de uma forma para ovos e pressione o hambúrguer delicadamente com uma colher de sopa. Para as crianças, aposte em formatos diferentes de hambúrguer! Em nosso estabelecimento você encontra a forma siliconizada em formato de estrela. Adquira ela já, clicando aqui.

Caso não tenha nenhuma forma, basta utilizar-se de um prato! A ideia é deixá-lo um pouquinho mais regular. Lembre-se de não apertar muito e não se esqueça de deixar o centro do hambúrguer mais achato que as laterais. Para isso, aperte-o com o polegar.

3. Grill it. O último passo, mas não menos importante, para um hambúrguer caseiro tão apetitoso quanto de um restaurante com estrelas Michelin: o cozimento.

Você pode optar por duas maneiras: na frigideira ou em uma churrasqueira.

No fogão. O primeiro passo se dá na escolha da frigideira. Neste caso, aquele velho ditado panela velha é que faz comida boa só vale se a sua for de cerâmica! Isso porque, as frigideiras confeccionadas com esse material são antiaderentes e dispensam o uso demasiado de gorduras para que os alimentos não grudem nela. Além disso, ao serem aquecidas, o calor se espalha rapidamente por igual, cozinhando por completo o hambúrguer, sem deixar nenhuma parte crua.

Não tem ainda uma frigideira de cerâmica para chamar de sua? Não perca tempo e a adquira clicando aqui.

Após comprá-la, aqueça bem esse utensílio! Quando o hambúrguer encostar-se à frigideira, você deverá ouvir imediatamente um barulhinho como tsssssssss. Caso não ouça, significa que ela não está quente o suficiente.

Para hambúrgueres mal passados, deixe cada lado fritando durante um minuto e meio. Já ao ponto, cozinhe cada lado por dois minutos e meio. Quer eles bem passados? Então, espere entre quatro e cinco minutos, cada lado.

Tempere com sal e pimenta do reino a gosto e bom apetite!

Para frigideiras pequenas. Se sua frigideira for pequena demais e não comportar todos os hambúrgueres de uma vez, recomenda-se retirar os primeiros um pouquinho antes e deixá-los aquecendo dentro do forno já quente.

Churrasqueiras. Sabia que você pode também preparar seu hambúrguer na churrasqueira? O sabor da carne assada com carvão é inigualável e todo brasileiro apaixonado por churrasco sabe disso! Então, não tenha medo, pois o procedimento é o mesmo que o da frigideira: o fogo tem que ser forte – mas não um incêndio, viu?

Na Utensílios do Chef você encontra soluções práticas para seu dia a dia, como as churrasqueiras portáteis. Elas são perfeitas para churrascos aos domingos, fora ou dentro de casa. A Get Grill dispõe de um design moderno e funcional e, devido ao seu tamanho, é ideal para almoços no parque ou finais de semana em um acampamento. Garanta a sua, ou outros modelos, neste clique.

E você, como prepara seus hambúrgueres? Compartilhe conosco nos comentários abaixo e continue a par do mundo gastronômico aqui em nosso blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *